Compartilhe!

Quais as características de um discípulo?

Ser discípulo é querer crescer, somente aquele que descobre a alegria e o excitamento de crescer está preparado para liderar o povo de Deus. Crescer é estar aberto a novos lugares, novas experiências e novos desafios. Ser um discípulo significa muitas vezes ficar sozinho, ter uma pequena fé, sentir medo ou dúvidas, mesmo assim seguir em frente sem desistir apesar do medo.

Você já passou por alguma dessas fases?

É ter fraquezas, sabendo que nelas o poder de Deus aperfeiçoa-se, ser livre, mas tornar-se escravo de todos, aprender a servir e amar o próximo como a você mesmo.

É viver numa fronteira, numa corda bamba, andando por um fio, entre a vitória e a derrota, entre o sucesso e a queda.

Viver uma criativa tensão entre fé e medo, entre crer e não crer,  muitas vezes dizer: “Se possível passa de mim este cálice”.

Qual deve ser a atitude do discípulo durante as crises?

É na crise que surgem nossos velhos fantasmas e problemas, entretanto, Deus faz nascer novas oportunidades e nos revela passos para adiante, fazendo com que vivamos no presente Seu futuro reino, é trazer o que não existe para o agora e para o já!

É ter um estilo de vida tal, que uns respeitam, outros critiquem e muitos outros querem imitar.

Ser um discípulo é viver com um Deus criativo, que cada dia faz acontecer algo novo, de tal modo que nos é impossível relatar todas as nossas experiências.

É ter a experiência do ontem, mas viver um novo e pleno hoje.

Na presença de Deus existe dinâmica e alegria. Deus é Deus da aventura e do excitamento.

Rotina não existe no dicionário de Deus. Seja discípulo!


Josué Gonçalves


Compartilhe!
Colabore!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>