Prosperidade na Crise

Texto: Salmo 1.1-3

É imprescindível preocupar-se com a administração do lar, porque o equilíbrio financeiro proporciona bem-estar à família. Quando as dívidas ficam fora do controle, por falta de uma boa administração, o estresse passa a ser o grande problema da família.

1)“Ser” antes de “ter” (Mt 5.1-12).

Quando a busca do ter é maior do que a busca do ser, algo está errado e essa busca desenfreada pelo “ter” pode tornar-se um grande perigo para o homem e sua família. Para Deus, o que vale não é o que se “tem” mas o que se “é”.

2) Sonhe grande, mas comece pequeno (Jr 33.3).

Tudo que existe teve início em um sonho, inclusive você e eu. Quem não sabe projetar seu futuro com fé na grandeza de Deus, dificilmente chegará aonde poderia chegar. Lembre-se, não basta sonhar grande, é preciso ter humildade para começar pequeno.

3) Diga não à inveja (Tg 4.2; Gl 5.21).

Você já ficou triste ou chateado, porque alguém na família conquistou algo grande, chegou a um lugar a que você gostaria de ter chegado? Isso é inveja: entristecer-se pelo sucesso de outrem. A inveja impede às pessoas alcançar as bênçãos do Senhor, é um sentimento maligno. Diga sempre não à inveja!

4) Pratique o amor próprio ou autoestima (Lv 19.18).

Todas as pessoas de sucesso sabem a importância de se ter amor próprio, autoestima e autoimagem. É preciso estar bem com Deus e consigo mesmo, para, então, estar bem com as pessoas.

5) Gaste menos do que ganha (Ec 5.19).

Como a pessoa administra o talão de cheques, o cartão de crédito e as contas determina seu sucesso ou fracasso econômico. É necessário ter compromisso com prioridades ordenadas.

6) Não viva de aparência (Pv 13.7).

Toda pessoa que vive preocupada com o que os outros vão dizer sofre complexo de inferioridade. Em primeiro lugar, temos que nos importar com o que Deus pensa a nosso respeito; depois, o que nós mesmos pensamos e, por fim, o que os outros pensam.

7) Saiba aonde você quer chegar

Uma vida de sucesso é uma vida com propósito. Saber aonde quer chegar é ter objetivos bem definidos. Isso é imprescindível para aqueles que desejam alcançar equilíbrio financeiro.

8) A lei do dízimo é infalível (Ml 3).

Tenho um amigo que diz: “Quem não devolve o dízimo está com o nome protestado no céu”. Ser fiel no dízimo é uma questão de fé naquilo que Deus pode fazer, a partir do pouco.

9) Crente próspero tem liberalidade para com Deus (Lc 6.38).

Gosto do pensamento que diz: “Quando você morrer, nada do que foi acumulado levará, você só vai levar aquilo que foi doado”. Generosidade é a marca das pessoas prósperas.

10) Crente próspero é grato a Deus (1Ts. 5.18).

Uma das marcas do caráter de Davi, como homem segundo o coração de Deus, era a gratidão. (Sl 103.1-2)

11) Nunca coloque a bênção no lugar do abençoador (Gn 22.1-14).

Por maior que seja a bênção recebida, nunca a transforme em seu ídolo. Ame sempre mais o Doador (Deus) do que a dádiva. Não se deixe possuir por aquilo que você possui.

Veja outros artigos relacionados

O que achou desse artigo? Deixe seu comentário

TOP